terça-feira, 29 de março de 2011

COISAS DA FICÇÃO


Passou a eleição e, como se previa (mesmo que muitos jurem de mãos postas que não), as relações entre os que estão e não querem sair, os que não estão e querem entrar – porque assim foi combinado ou porque se acreditam merecedores devido a um esforço e outro durante a campanha  ou porque perderam disputas e não tem para onde ir – não é , e nem poderia ser, as melhores.

Dessa forma, na mesa de decisão misturam-se currículos, bilhetinhos, códigos cifrados, intrigas, tramas, invejas. Enfim, tem sempre algo de podre em qualquer reino.

Por falar em reino, assisti à chamada promocional de lançamento do filme “As viagens de Gulliver”, estrelado pelo Jack Black e com estréia prevista para o Natal. Por coincidência, leio a história de Lemuel Gulliver e suas “ viagens em diversos países remotos do mundo” contada por Jonathan Swift. É uma edição de 1952, da Editora Globo, com tradução de Octávio Mendes Cajado e estudo introdutivo de Eugênio Gomes.

Em sua terceira viagem, a Laputa, Balnibarbi, Glubbdubdrib, Luggnagg e ao Japão, Lemuel visita a “Grande Academia de Lagado”, capital de Balnibardi. Passeia por várias salas  ocupadas por “projetistas “ que desenvolvem diversos experimentos que deverão, algum dia, servir para alguma coisa. Até que chega à “escola dos projetistas políticos”. Assim, relata Gulliver a sua impressão: “Na escola dos projetistas políticos passei um mau bocado; parecendo os professores, na minha  opinião,  haver perdido o juízo; espetáculo que me deixa melancólico. Essa infeliz gente propunha planos para persuadir os monarcas a escolherem os seus validos em atenção à sabedoria, à capacidade e à virtude deles; para ensinar os ministros a consultarem o bem público;(…)escolhendo para os diversos cargos pessoas qualificadas para o exercerem;além de muitas outras quimeras fantásticas e impossíveis, cuja concepção nunca passaria pela cabeça de ninguém(…)”.

Entre essas “quimeras fantásticas” , conta Lemuel que “outro professor me mostrou um longo escrito em que se continham instruções para o descobrimento de tramas e conspirações contra o governo. Aconselhava aos grandes estadistas que examinassem a dieta de todas as pessoas suspeitas; as suas horas de comer, o lado sobre o qual se deitavam na cama; a mão com que limpavam a bunda; que lhes estudassem acuradamente os excrementos, de cuja cor, cheio, gosto, consistência, fase digestiva, poderiam deduzir-lhes os pensamentos e desígnios. Porque os homens nunca se mostram mais sérios, reflexivos e compenetrados do que sentados na privada, o que ele próprio verificara depois de reiterados experimentos; pois nessas circunstâncias, quando costumava, apenas por experiência, meditar na melhor maneira de assassinar o rei, as fezes lhe saíam esverdeadas, mas muito diferentes quando só pensava em organizar uma sedição ou por fogo na metrópole”.

domingo, 20 de março de 2011

ANOTAÇÕES A RESPEITO DA LUZ


A luz.

Mística.

Misteriosa.

Revelação da existência.

Existir diante da luz. Conceder um instante da vida para um instante da infinitude. Descortinar-se das sombras e ser.

Não há dúvidas diante da claridade. Iluminados, nos tornamos cúmplices. Nesta cumplicidade nos tornamos parceiros, amigos, irmãos. Discretos ou eloqüentes sonhadores, saímos mundo afora dando notícias de nós, conhecendo histórias de outros. Assistimos a narrativa ora trágica, ora romântica, ora utópica da incessante trajetória da humanidade em busca de si mesma.

Viajamos em imagens, pelas imagens, como imagens. Assim, de realidade em realidade, vamos encontrando as sutis significâncias dos objetos, o angustiado significado do homem. Aprendemos, entre as nossas tantas veredas, que viver é um grande risco.

Tudo luz. Luz de amor. Luz de alegria. Luz de vitória. Luz de conhecimento. Luz de sabedoria. Luz de transgressão. Luz de atrevimento. Luz de descobrir.

Descobrir faz parte da nossa luz. Para o caos das nossas ansiedades, a palavra que orienta, o ombro que acalma; para a ansiedade dos nossos desejos, a mão que acaricia , o olhar que pondera;para a dor das nossas dificuldades e perdas, o abraço que fortifica , o beijo que reaquece.

Eis a razão da luz: permitir que todas as trocas possíveis aconteçam transparentes; permitir que as palavras que expressamos sejam no mesmo idioma das palavras que sentimos;permitir que os gestos que encenamos sejam os mesmos do roteiro de verdade que ensaiamos;permitir que o desejo de felicidade que externamos seja o mesmo que derrota o nosso egoísmo e a nossa inveja.

Permitir que a nossa fugaz caminhada por este planeta deixe, para os que estão vindo, sinais seguros e lembranças singelas de que o caminho que trilhamos é uma boa opção. Opção para quem acredita que nada se realiza sozinho. Que ninguém se faz sozinho. Nem a luz, que só é luz porque tem infinitas histórias para iluminar.

A foto de ilustração está em www.sabordapalavra.blogspot.com

sábado, 12 de março de 2011

BONS MOMENTOS DO PROGRAMA GENTE - TV HORIZONTE 8

Bons momentos do Programa Gente - Tv Horizonte
http://www.youtube.com/watch?v=pEujGcwuIG0
www.youtube.com
Ele deixou a carreira promissora de jornalista para se dedicar à música e à imitação de grandes nomes da música brasileira e internacional. Fernando Ângelo fala de seus pais, da sua história e das suas impressões sobre o jornalismo, a música e o Brasil.

terça-feira, 8 de março de 2011

domingo, 6 de março de 2011

GRANDE ENCONTRO

Grande encontro da 'música popular bem mineira' : Sérgio Moreira e Júlia Ribas
http://www.youtube.com/watch?v=hNg-0E1gfBg

sábado, 5 de março de 2011

BONS MOMENTOS DO PROGRAMA FESTAS DE MINAS - TV HORIZONTE 2

Bons momentos do Programa Festas de Minas - Tv Horizonte
http://www.youtube.com/watch?v=H6H5ApGTfA8
www.youtube.com
O Vale do Jequitinhonha é uma terra fértil de artes, de artistas, de poesia, pinturas e tinturas,fé e bençãos, artesãos e prosadores, cantantes e cantadores. Arnaldo é um desses atores do espetáculo do Vale. Entre janelas, ele canta as paisagens que passam em frente a porta de sua casa. Sua casa, um

sexta-feira, 4 de março de 2011

BONS MOMENTOS DO PROGRAMA GENTE - TV HORIZONTE 7

Bons momentos do Programa Gente - Tv Horizonte
http://www.youtube.com/watch?v=QkACeyUujBg
www.youtube.com
Jorge Carone fala da sua trajetória política, seus bons e maus momentos, sua origem.

quinta-feira, 3 de março de 2011

O PODER DA SÍNTESE

Dias atrás, participei de uma reunião de criação. Em volta de uma mesa rústica, publicitários e jornalistas e um produto para ser trabalhado, aprimorado. Pura instigação. Conversa provocativa. Que nada, tudo forçado a ser síntese, sumário, resumo. Emoção monossilábica. Ânsia de falar engolida às pressas, disfarçadamente. O mundo moderno não admite essas coisas do coração.

Estamos treinados para a síntese de nós mesmos. Trocamos as palavras por objetos. Indígenas urbanos com vergonha de ficar nus na frente um do outro e despejando quinquilharias como sinal de paz, amizade e…

Celulares, notebook, chave do carro ou da moto, bolsa ou mochila de grife, agendas de couro, canetas são os primeiros sinais de aproximação. Se não temos pelo menos um desses objetos corremos o risco da rejeição.

Vencido esse primeiro protocolo, o segundo é o de comunicar o que somos , o que fazemos, o que temos. Eu sou isso, eu sou formado em, eu falo o idioma tal, já viajei pelo … Por fim, meu nome é…

Durante a reunião, uma espécie de regente da objetividade lançava mão dos “então podemos”, “quer dizer que”, “ concluímos … ” “devemos” e o fatídico “ ao trabalho”. Sem contar os constantes olhares trocados com o mostrador do relógio, ou o apertar das tecladas do celular, ou os gestos gentilmente impeditivos da fala de outrem.

Não sabemos mais conversar sobre emoções, introduzi-las nos nossos diálogos, nas nossas relações. Temos vergonha do brilho do olhar, do vermelho da face, do suor das mãos, do abraço solidário, do aplauso, do beijo. Não somos mais sentido. Somos sintéticos.

Ao trabalho, então

terça-feira, 1 de março de 2011

BONS MOMENTOS DO PROGRAMA FESTAS DE MINAS - TV HORIZONTE 1

Bons momentos do Programa Festas de Minas - Tv Horizonte
http://www.youtube.com/watch?v=Km34Ma30LEE
www.youtube.com
Os homens pretos da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos se reunem para dançar e celebrar suas histórias e sua fé.

BONS MOMENTOS DO PROGRAMA GENTE - TV HORIZONTE 6

Bons momentos do Programa Gente - Tv Horizonte
http://www.youtube.com/watch?v=tkAPz8Kk1Gw
www.youtube.com
Seu Amadeu, um dos mais conhecidos livreiros de Belo Horizonte, conta sua história de vida, o seu gosto pelos livros e curiosidades sobre seu ramo de atividade

Arquivo do blog